Lectio Divina - Ano B - 2017/2018

23° Domingo do Tempo Comum - 09 de Setembro de 2018

| Imprimir | PDF 

Texto Bíblico: Evangelho de São Marcos 7, 31-37

Jesus saiu do território de Tiro e voltou para Sidônia, em direção do Mar da Galileia, atravessando o território da Decápole. Trazem-lhe um surdo, que falava com dificuldade, e lhe suplicam que lhe imponha a mão. Tomando-o à parte, longe da multidão, Jesus pôs os dedos nos ouvidos dele, cuspiu, tocou-lhe a língua. A seguir, erguendo o olhar para o céu, suspirou. E disse: Effatá, isto é, abre-te. Logo se lhe abriram os ouvidos, a língua se lhe desatou, e ele falava corretamente. Jesus recomendou-lhes que não falassem disso com ninguém: mas quanto mais recomendava, tanto mais eles o proclamavam. Eles ficaram muito impressionados e diziam: Ele fez bem todas as coisas: faz os surdos ouvirem e os mudos falarem.

Outros trechos para completar: Mt 15, 29-31; 33,8-23. 37; Is 35,5

Leitura

Jesus veio da região fora da Palestina e entra na direção do Mar da Galileia, onde havia umas dez cidades (Decápole!). Como sempre aparecem pessoas enfermas. Dessa vez algumas pessoas trouxeram um surdo que não conseguia falar direito. E lhe pediam que o curasse. Jesus, sempre cuidando para que não chamasse muito à atenção, tirou-o do meio dos outros e fez um ritual diferente. Claro que Ele poderia simplesmente curar logo o enfermo. Mas quis usar sinais externos significativos. Tocou com seus dedos os ouvidos do surdo, num gesto quase de abri-los. Ungiu com sua sagrada saliva a língua do mudo. E ainda pronunciou as palavras próprias: Abre-te. Tanto os ouvidos como a língua. E surdo ficou curado. Recomenda para que não façam tanto alarde do milagre, mas não adiantou muito. Imaginemos a alegria do surdo que falava cm dificuldade, podendo agora ouvir e falar, como diz o evangelista: corretamente, como se sempre tivesse ouvido e falado. E o comentário sobre Jesus: que ele só fazia o bem. Até fazer surdo ouvir e mudo falar direito.

O que diz o texto

• De onde Jesus veio e para onde se dirigiu?

• Que pessoas vieram ao encontro de Cristo?

• Quem apresentaram e o que pediram?

• Que fez Jesus com o enfermo? Com os ouvidos e a língua dele?

• O que aconteceu então?

• Qual foi a recomendação de Cristo? E qual foi a reação deles?

• Que andaram falando de Jesus?

1. MEDITAÇÃO

Estando em contato com a Bíblia procuremos recolher nosso espírito em silêncio. Estamos diante de Deus que nos fala. O fato que acabamos de ler deve levar-nos até lá onde estava Jesus, ouvir com atenção o que aconteceu, as pessoas, as palavras, o fato.

      O que penso, o que sinto quando me recolho em oração para estar com Jesus? Que vejo nele?

      De que doença ou mal espiritual eu preciso ser curado?

      Deixo-me guiar por Jesus para ele fazer o que quiser comigo?

      O que em mim precisa da ordem de Jesus: Abre-te!

      Minhas orações são mais pedidos que agradecimento? Costumo louvar o Senhor e agradecer-lhe por tanto bem que me faz?

2. ORAÇÃO

Há muitos salmos que são louvor e agradecimento. Com estes salmos posso eu mesmo com minhas palavras louvar e agradecer o Senhor. Posso buscar partes destes: 9: Senhor eu Te louvarei de todo o coração e contarei todas as coisas maravilhosas que tens feito... 12: Cantarei hinos ao Senhor porque tem sido bom para mim... 25: Vou junto com os que te adoram, Senhor, andando em volta do teu altar, cantando hinos de gratidão, contando tuas obras maravilhosas... 62: O Teu amor é melhor do que a própria vida, por isso Te louvarei...Enquanto eu viver falarei de tua bondade, levantarei minhas mãos em oração. Todo o meu ser festejará e ficará satisfeito, cantarei com alegria canções de louvor a Ti.

3. CONTEMPLAÇÃO

Ponho-me ao lado de Jesus, nosso Mestre e Senhor... Vou caminhando com Ele pelas estradas da florida Galileia... Por onde passa, sua figura serena, seus olhos tranquilos transmitem paz, segurança. Seu rosto tem um brilho diferente. Posso aproximar-me d´Ele com confiança. Ele acolhe a todos com atenção, carinho. Ouve o que lhe dizemos. Entende o que lhe peço ou preciso... Como a Zaqueu, a Natanael, a tantos enfermos, ele olha para mim dando a entender que me conhece muito bem e me quer muito bem. Peço que me cure de minha surdez: ouço tão pouco Sua Palavra... Que Ele possa desatar minha língua para falar-lhe, para pedir o que preciso, para agradecer todo o bem que me faz. Para apresentá-Lo a todas as pessoas que conheço.

4. AÇÃO

Proposta pessoal

Proponho-me a despertar meus ouvidos à Palavra de Deus, na Bíblia, por Sua Igreja, na vida de tantas pessoas fervorosas...

Neste mês de setembro vou todos os dias ler um pequeno trecho do evangelho para descobrir o que Jesus quer me dizer.

Proposta comunitária

Vou junto com outros ouvir a Palavra de Deus. Pedir a Cristo que desate minha língua para anunciar sua presença na vida daquelas pessoas com quem convivo.

 

 Fonte - Diocese de Petrópolis

Compartilhar
Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2018

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.