Domingo - Solenidade da Assunção de Nossa Senhora - Ano A - 20 de Agosto

 Texto Bíblico: Evangelho de São Lucas 1, 39-56  

Naquele tempo, Maria correu às pressas, rumo à região montanhosa, para uma cidade de Judá. Ela entrou na casa de Zacarias e saudou Isabel. Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou em seu seio e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Ela deu um grande grito e disse: Tu és bendita mais que todas as mulheres. Bendito também é o fruto de teu ventre! Como me é dado que venha a mim a mãe de meu Senhor? Pois quando tua saudação ressoou aos meus ouvidos, a criança saltou de alegria em meu ventre. Bendita é aquela que acreditou no que lhe foi dito da parte do Senhor e que se há de cumprir. Então Maria disse: Meu espírito exalta o Senhor e se alegra por causa de Deus, meu Salvador. Porque ele pôs os olhos sobre sua humilde serva. Daqui em diante todos os povos me chamarão abençoada, porque o Todo-poderoso fez por mim grandes coisas: santo é seu nome. Sua bondade se estende a todos os povos, sobre aqueles que o temem. Mostrou seu poder, e afastou os orgulhosos. Fez descer os poderosos de seus tronos e exaltou os humildes. Alimentou os famintos e lhes deu bens. Aos ricos despediu de mãos vazias. Veio socorrer o povo judeu, lembrando-se de sua bondade, como prometera aos antigos por causa de Abraão e seus filhos para sempre. Maria permaneceu com Isabel cerca de três meses. Depois voltou para sua terra. 

1 – LEITURA: O que diz o texto?

Maria morava na Galileia, na cidade de Nazaré. O anjo Gabriel a visitou para pedir-lhe para ser a Mãe de Jesus, o Filho de Deus. Ao apresentar suas explicações o anjo disse que nada era impossível para Deus e falou de Isabel, a prima de Maria, que já fazia seis meses que estava grávida. E Maria aceitou ser a Mãe de Cristo, Filho de Deus.

Após a ida do anjo, Maria saiu de Nazaré, na Galileia, atravessou a região da Samaria e foi para uma cidade da Judéia, onde morava sua prima Isabel. Devia ter andado uns 4 a 5 dias a pé. Certamente foi com alguma companhia.

Só Maria sabia estar grávida de Jesus. Isabel, iluminada pelo Espírito Santo, sentiu seu filho se alegrar em seu ventre. Nossa Igreja nos afirma que João Batista, o filho de Isabel naquele momento ficou purificado do pecado original. E Isabel soube pelo mesmo Espírito que Maria era a Mãe do Filho de Deus. Por isso a louva e exalta. Maria canta o hino que conhecemos o Magnificat, que é resumo da presença e ação de Deus na História da salvação. 

Perguntas para a leitura:

· Por que Maria saiu às pressas para visitar sua prima Isabel? Que foi fazer lá?

· Que aconteceu com Isabel ao ouvir a saudação de Maria? Por quê?

· Que sentido nossa Igreja deu à reação do filho de Isabel?

· Por que Isabel ficou tão feliz e elogiou tanto Maria?

· No Hino de N. Senhora (Magnificat) destaque cinco fatos da ação de Deus? 

2 – MEDITAÇÃO: O que me diz o texto? O que nos diz o texto?

Que sentido podemos dar à pressa de Maria para ir visitar sua prima Isabel?

Como o Espírito Santo que envolvia a vida de Maria, falou por ela?

Que significa a alegria de João Batista no ventre de sua mãe Isabel?

Desde que deixou esta terra Maria junto de Deus como cuida de nós?

Que sentido têm as aparições de Maria em muitos lugares do mundo? 

3 – ORAÇÃO: O que digo a Deus? O que dizemos a Deus?

Certos de que Maria junto de seu Filho no céu pensa em nós, acompanha nossas vidas, neste momento comuniquemo-nos com ela. Pensar em voz alta sobre o sentido de nossas orações comuns: Ave Maria, o terço, a Salve Rainha, a Consagração de nossa vida a Nossa Senhora, nas celebrações litúrgicas marianas. 

– C O N T E M P L A Ç Ã O: Como interiorizo a mensagem? Como interiorizamos a mensagem?

Olhando para uma imagem de Maria, ou imaginando sua figura como a conhecemos nos vários títulos que lhe damos, pensemos com calma: Maria, Mãe de Jesus, intercessora junto a seu Filho vem em nosso socorro... Repitamos várias vezes em nosso coração: Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

Maria, Assunta aos céus em corpo e espírito, venha em nosso auxílio, ajude-nos a orar como convém. Ajude-nos a viver esta vida, pensando na felicidade do céu.   

5 - A Ç Ã O: Com o que me comprometo? Como o que nos comprometemos? 

Propostas pessoais:

• Em particular ou em grupo rezar bem devagar as orações da Ave Maria, a Salve Rainha, a Consagração a nossa Senhora. Rezar o terço com calma, meditando nos mistérios. Ler algum livro que fale sobre Nossa Senhora  

Propostas comunitárias:

• Falar sobre Nossa Senhora com outras pessoas. Dar de presente um livro sobre Nossa Senhora a alguém que conheça pouco a Virgem Maria. Ensinar a alguém a rezar o terço.  

Fonte: Diocese de Petrópolis

 

 

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2017

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.