Coração de Sião – Maio de 2017

Coração da Mãe – Coração de Jesus!” 

Há nove anos editamos o primeiro Coração de Sião, iniciamos em maio, mês de Maria.

Nesta edição relembraremos em síntese, o primeiro Coração de Sião, em louvor a Maria, neste ano nacional mariano, ano que comemoramos os cem anos das aparições de Nossa Senhora em Fátima.

Assim começamos este apostolado: “Neste mês mariano, que antecede as comemorações dos Sagrados Corações de Jesus e de Maria por toda a Igreja, iniciamos mais esse serviço aos irmãos, e, mantendo-nos fiéis à nossa vocação de amor e oração, apresentamos a todos, unidos ao Coração da Mãe, a imensa riqueza da espiritualidade e devoção ao Coração de Jesus.

O Coração de carne que Deus Filho quis assumir, no seio virginal de Sua Santíssima Mãe Maria; Coração que, traspassado pela lança, na Cruz, tornou-se canal de bênçãos para os homens de todos os tempos, quando de seu interior fez brotar sangue e água (cf. Jo 19,34), antecipação e prefiguração dos sacramentos da Eucaristia e do Batismo; esse Coração, enfim, que para doar-se inteiramente a nós, aceitou esconder-se sob as sagradas espécies do Pão e do Vinho, transubstanciados em Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Cristo, tornados nosso alimento de salvação; o Coração Sacratíssimo de Cristo é revelado a nós, hoje, como o detentor de nosso Carisma, o Amor do Pai, o qual, com a sua infinita misericórdia, quer-se derramar como ‘rio de água viva’ (cf. Jo 7,38) que jorrará até a eternidade, cumprindo as Suas promessas.

O profeta Ezequiel descreve a visão da fonte maravilhosa que jorrava do lado direito do Templo: 'Então o anjo levou-me de novo para a entrada do Templo, onde eu vi água que escorria debaixo da soleira do Templo para o oriente (...). A água escorria de debaixo do lado direito do Templo, ao sul do altar. (...) Era uma torrente que eu não podia atravessar a não ser nadando.(...) 'Estas águas, disse-me o anjo, (...) se lançarão no mar, de maneira que suas águas se tornarão saudáveis. Em todo lugar por onde passar a torrente, todo ser que se move nas águas terá vida, e haverá lá grande quantidade de peixes.(...) Ao longo de suas margens, de um lado e do outro, crescerão árvores frutíferas de toda espécie, e sua folhagem não murchará, e não cessarão jamais de dar frutos: todos os meses frutos novos, porque essas águas vêm do santuário.' (cf. Ez 47, 1-12).

Então a partir de maio de 2008, nos comprometemos 'abrir' as comportas do Coração Amabilíssimo de Nosso Senhor Jesus Cristo: é Ele o Templo da Nova Aliança. Seu Corpo Santo, do qual o Coração é o centro irradiador de vida assim como o altar está para o templo lugar onde se pode apresentar as oferendas agradáveis ao Pai, e é, portanto, fonte principal de toda a abundância de graças, como descrito pelo profeta. Assim também, todo homem e mulher que se compromete com um projeto de vida (como é Sião), não só verão seus bens materiais se multiplicarem, para serem repartidos entre todos que necessitarem, mas também se revitalizarão, abrindo-se cada vez mais para repartirem suas próprias vidas, em clima de fraternidade.

Sagrado Coração de Jesus, fazei o nosso coração semelhante ao vosso!


 

INTENÇÕES DO MÊS

 

Neste mês de maio, em que comemoramos os cem anos da aparição de Nossa Senhora em Fátima, coloquemos diante de Nossa Mãe, todos os seus filhos, para que convertam e coloquem os seus corações no Sagrado Coração de Jesus. 

Lembremos ainda de todos os que sofrem com as guerras, com a fome, os encarcerados e os doentes.

Coloquemos ainda, em nossas intenções o nosso Santo Padre, o Papa Francisco, que neste mês pede: pelos cristãos da África, para que dêem um testemunho profético de reconciliação, de justiça e de paz, à imagem de Jesus Misericordioso.

Sagrado Coração de Jesus, eu espero e confio em Vós!


REZEMOS

 

Rezemos neste tempo pedindo a intercessão de Nossa Senhora de Fátima:

Senhor Jesus, Príncipe da Paz, Tu nos pedes que sejamos, sempre e em cada momento, instrumentos da tua paz. Em tantos lugares do mundo, as guerras causaram feridas profundas entre os povos, que tardam muito em sarar. Neste mês, pedimos em particular pelos cristãos em África, que viveram e vivem momentos de guerra, para que sejam, nos seus países, as primeiras testemunhas que fazem sonhar com a ideia de que o perdão é possível, de que a paz é duradoura. Também te pedimos que, nas nossas pequenas guerras diárias, não nos deixemos levar pelo ódio e pelo ressentimento, mas abramos o coração à humildade do perdão e da paz.          

Jesus, manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao Vosso!

Façamos nossa profissão de fé rezando o Credo.

1 Pai Nosso; 1 Ave Maria; 1 Glória.

Nossa Senhora de Fátima... Rogai por nós!

Jesus eu confio em Vós!

 

 

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2017

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.